Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
   
Procura Avançada
“STEAM”, “DOING” e “Maker” nas Bibliotecas Públicas - Espaços multidisciplinares de aprendizagem e experimentação


​«In the knowledge economy, the library is the learning institution ready to guide and support citizens at every age and level of need.» Urban Libraries Council (EUA).

O êxito da transformação digital depende fundamentalmente da capacidade de pensar os processos e da criação de valor de forma diferenciada, através da combinação das ferramentas digitais com capacidades pessoais e novas competências. Torna-se essencial formar e qualificar recursos humanos com as competências que melhor preparem para fazer a diferença na nova era digital, permitindo superar múltiplos desafios - competência leitora e literacia matemática, literacia científica, literacia digital (TIC), literacia financeira, literacia cívica e cultural, bem como outras competências e capacidades sociais e pessoais indispensáveis. O STEAM é um modelo de aprendizagem focado no cruzamento e interligação de cinco disciplinas fundamentais: Ciência, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática, com que se pretende a aquisição e desenvolvimento das competências essenciais, cruzando a criatividade e a inovação com conhecimentos científicos e técnicos, desenvolvimento do pensamento crítico e pensamento analítico, a cooperação e colaboração e também a capacitação para a tomada de decisão, entre outras "soft skills".

Uma vez que é missão das bibliotecas públicas disponibilizar e facilitar o acesso de todos à informação, incluindo o acesso via novas tecnologias e equipamentos, bem como configurar oportunidades de aprendizagem que estimulem a curiosidade e o despertar de interesses, devem estas apresentar novas oportunidades nas áreas STEAM, incluindo práticas científicas e contribuindo também para a promoção da literacia científica da população. Estes espaços devem ser espaços de aprendizagem, devidamente equipados, que estimulem, não só novas abordagens, mas também o aperfeiçoamento de técnicas, instigando à experimentação, ao aprofundamento de conhecimentos e à aprendizagem independentemente da faixa etária dos membros da comunidade.

Deixamos alguns exemplos de bibliotecas públicas portuguesas que têm vindo a alargar o leque de ofertas em áreas STEAM, áreas que oferecem uma oportunidade a não perder de descoberta e de aquisição de competências.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ÍLHAVO

"Makerspace BMI - Juntos fazemos" - Espaço de experiências que contribuem para o desenvolvimento da aprendizagem e criatividade dos seus utilizadores, oferecendo simultaneamente workshops e ateliês, experiências de formação, entre outras ações que contribuirão para consolidar a biblioteca como um espaço de formação não formal e de aprendizagem ao longo da vida. De acesso gratuito, este novo serviço está vocacionado para a criatividade e para a experimentação, mas também para a inclusão social, uma vez que “a biblioteca é transformada num espaço onde se trabalha junto a outros, onde se experimenta, onde se joga e aprende, a biblioteca transforma-se em espaço de aprendizagem e de relação com a comunidade”. 

IlhavoMakerspace1.jpgO espaço resulta de uma parceria com a Fábrica Centro Ciência Viva da Universidade de Aveiro e com a BEEVERCREATIVE: Impressão 3D, recicláveis, pequena robótica e fotografia artesanal, são algumas das valências deste novo espaço em que é permitido a todos os utilizadores, fazer, criar e  mudar. Veja a divulgação na página de Facebook da BMI.

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE POMBAL

"DOING Pombal - espaço maker” - Espaço com valências diferenciadas, entre as quais impressão 3D, recicláveis (papeis e plásticos), pequena robótica e desafios elétricos, permitindo ao utilizador fazer, criar, mudar. A implementação e disponibilização destas valências resultam de uma parceria entre a Câmara Municipal de Pombal e a Fábrica Centro Ciência Viva da Universidade de Aveiro. O Dóing Pombal está equipado com máquina de corte, impressora 3D, máquina de gravação a laser, diversos equipamentos oficinais e educativos abrangentes que tanto permitem fazer programação mais avançada, como desenvolver ideias mais simples. 
doingPomb1.jpg
Um espaço dinâmico e aberto à participação de toda a comunidade, que disponibiliza o acesso a tecnologias e ferramentas, potenciando a partilha de conhecimento e a criação de sinergias com foco na criatividade e inovação. Todos os utilizadores são livres de construir os seus projetos, trocar experiências e ideias que possam gerar a inovação e o empreendedorismo. Saiba mais na apresentação e veja aqui o vídeo!

 
BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALPIARÇA

"Dia da Robótica" - Constrói e programa o teu Robô! - Workshops para jovens e adultos. Explorar, criar artefactos e conteúdos, inovar à volta das tecnologias, na generalidade, e das digitais em particular, ajudando a formar os nossos utilizadores, procurando contribuir para o acréscimo das suas competências a nível académico e profissional, passou a fazer parte dos desafios da Biblioteca Municipal. Neste contexto, a robótica é considerada um ramo tecnológico de valor maior. Através dela temos a possibilidade de associar a teoria à prática, o saber saber fazer, muitas vezes de forma lúdica e informal. Os conceitos teóricos de mecânica, de eletrónica, de programação e da arte digital serão os pontos de partida que, associando-os ao planeamento e estratégia, nos conduzirão durante o trabalho prático e em equipa, à montagem dos robôs. 
BMA_cartaz_dia_da_robotica.jpg BMA_dia_robotica_2019_08_28.jpg

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ALCOBAÇA*

Makerspace "Eu Construo" - Um espaço com oficinas e atividades participativas onde o aluno “coloca a mão na massa” para criar objetos que o auxiliam no processo de aprendizagem e conteúdos abordados nas aulas tradicionais. Pretende-se valorizar a prática, materializada no aprender fazendo. A impressora 3D será o recurso educacional utilizado para “atiçar” a curiosidade e desenvolver novas competências aos participantes. 

Projeto apresentado no Encontro da RNBP de Leiria.

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE AVEIRO e BIBLIOTECA MUNICIPAL DE ÍLHAVO*

Academias STEM: Fábrica Centro Ciência Viva – Universidade de Aveiro - promovidas no âmbito das Academias Gulbenkian do Conhecimento que permitem a cada participante desenvolver a sua autonomia, criatividade, descobrir o mundo de construção e transformação de objetos, através da manipulação de diferentes ferramentas e tecnologias.

 IlhavoAcademia.jpg AveiroAcademia.jpg

========================================================
Leia mais sobre espaços STEAM em Bibliotecas Públicas:
========================================================

No âmbito específico da divulgação, literacia científica e Ciência Cidadã, e também a título de exemplo, destacamos algumas atividades e projetos continuados, promovidos por bibliotecas públicas, a maioria ser dirigida exclusivamente ao público jovem e infantil:

BIBLIOTECA DE SANTIAGO DO CACÉM

SantCacémSler.jpg
Programa "Sábado a Ler... com Histórias e Experiências" - Parceria com o Centro de Ciência Viva do Lousal - Conjunto de atividades experimentais, práticas e laboratoriais, cujo tema varia de acordo com a temática da história, quando inseridas em momentos dedicados à leitura de contos, ou enquadradas com determinados assuntos literários em destaque.



mina_vai_biblioteca_julho21_copiar_1_1024_2500.jpgBIBLIOTECA MUNICIPAL DE GRÂNDOLA

Programa "Mina vai à Biblioteca" - Parceria com o Centro de Ciência Viva do Lousal. Divulgação da cultura científica e tecnológica, proporcionando aos utilizadores da Biblioteca um conjunto de atividades experimentais, de carácter lúdico e pedagógico, que desenvolvam o pensamento científico e criativo do público em geral, e das crianças e dos jovens, em particular. 
(Projeto participante no Programa InLoco Online)




BIBLIOTECA MUNICIPAL DE FARO

"Leituras a Dois Tempos" - No âmbito da Semana da Ciência e Tecnologia 2021, as histórias cruzaram-se na Biblioteca de Faro num ambiente de muita química, e a transmissão de leituras a dois tempos foi feita na página de Facebook da Biblioteca, em parceria com o CCV do Algarve, e de acordo com o Projeto de Cooperação acordado entre a DGLAB e o Pavilhão do Conhecimento - Centro de Ciência Viva, em 2019.
FaroCCVAlgarve.jpg

"Páginas de Ciência - Booktubers"*
No âmbito da Semana da Ciência e Tecnologia 2020, promovida pelo Programa Ciência Viva e que se celebrou de 23 a 27 de novembro, procurando aproximar os alunos do ensino secundário à realidade da investigação científica e tecnológica, a Biblioteca Municipal de Faro, numa parceria com o Clube de Ciência Viva da Escola Secundária João de Deus, promoveu esta iniciativa à qual se associaram outras escolas de concelho. O desafio propunha a seleção e leitura de um livro de divulgação científica existente na Biblioteca Municipal ou nas escolares, e a sua apresentação / divulgação num pequeno vídeo, pretendendo desta forma aumentar os conhecimentos dos jovens em áreas científicas e tecnológicas (da geografia à matemática, das plantas ao espaço).

      paginas_ciencia_1Faropic.jpg  

BIBLIOTECA PÚBLICA LÚCIO CRAVEIRO DA SILVA, BRAGA

"Ciência na Biblioteca"* - projeto organizado pelo Centro Ciência Viva de Braga em parceria com a Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva e o Município de Braga que convida a comunidade escolar do concelho de Braga a aprender e a celebrar dias comemorativos para a Ciência na Biblioteca. Com o objetivo de motivar cada vez mais a população para a importância da leitura, este programa pretende comemorar dias relevantes para a ciência, descomplicando conceitos científicos para a comunidade escolar através de atividades experimentais simples e divertidas.

Uma aventura pela Ciência” - Literacia científica para jovens (atividade continuada - workshops)
BLCScart200.jpgBLCScart1200.jpg b1.jpgb2Ciencia.jpg
Testemunho das atividades partilhado na página de Facebook da Biblioteca.

"Ciência pra que te quero" (Projeto que mereceu Menção Honrosa do Prémio Boas Práticas 2017 e foi apresentado no Ciclo de Webinars da RNBP).
O projeto corresponde a um conjunto de atividades hands-on implementadas na Biblioteca que decorrem num espaço "entre livros" e que pretende que as crianças envolvidas possam constatar a relevância das diferentes ciências, da sua ligação às artes e às letras, e melhor compreenderem o mundo em que vivem. As atividades têm o foco no Ambiente e na sua Sustentabilidade, dando resposta ao cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU. As atividades experimentais propostas alertam para a necessidade de respeitar normas ecológicas na satisfação das necessidades humanas, sem prejudicar o desenvolvimento das gerações futuras e visam: (i) consciencializar de que os recursos naturais são limitados e que por isso devem ser usados de forma adequada; (ii) chamar a atenção para as alterações naturais provocadas pela presença de poluentes oriundos do uso doméstico, comercial ou industrial; (iii) realçar que as águas residuais retornam ao meio ambiente e podem comprometer a qualidade da água dos rios, da fauna e da flora, da pesca, da navegação ou da geração de energia, prevendo-se o seu tratamento para evitar prejuízos para o ambiente e os seres vivos. Em cooperação com a Universidade do Minho (DMA) numa parceria Scientia.com.pt

(Webinar da RNBP de 13 de maio de 2020):

 

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE BEJA

Beja2.jpg
"Os 10 temas de Ciência do Ano. Ciclo de conferências de divulgação científica" (Menção Honrosa do Prémio Boas Práticas 2017). 
Com a participação de entidades e organismos de diferentes áreas, entre Universidades, Centros de Ciência Viva, Museus, Centro de Biotecnologia, etc.





BIBLIOTECA MUNICIPAL DE MANGUALDE

Verão Estrelas” - Aliando a concertos com artistas locais a astronomia, numa parceria com a Academia STEM do concelho, a Biblioteca Municipal de Mangualde organizou sessões de observação do Universo através de um telescópio, projetadas em vídeo led, e acompanhadas da explicação ao vivo sobre o que estava a ser observado. 
Mang.jpg 

REDE INTERMUNICIPAL DAS BIBLIOTECAS DAS BEIRAS E SERRA DA ESTRELA

Projeto "aBEIRAr" - C‌iência cidadã para a valorização do território. O projeto tem como objetivo potenciar o envolvimento e participação cívica com a ciência, promovendo o diálogo entre cientistas e cidadãos, despertando o interesse e a curiosidade pela descoberta dos recursos do território das Beiras e Serra da Estrela, inspirados pela Literatura e pela Ciência. Envolve diversas entidades, entre elas a Rede Intermunicipal das Bibliotecas das Beiras e Serra da Estrela, a Plataforma de Ciência Aberta (Figueira de Castelo Rodrigo), o Estrela Geopark e a Universidade da Beira Interior – UBI.
Abeirar.jpg

BIBLIOTECA PÚBLICA DE ANGRA DO HEROÍSMO (Ilha Terceira, Açores)

A Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro recebe a “II Semana do Universo”, iniciativa que resulta de uma parceria da Biblioteca com as instituições organizadoras da “6ª Azores International Advanced School in Space Sciences” (Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, Observatório Europeu do Sul e Universidade dos Açores) e com o OASA, contemplando diferentes iniciativas na área da astrofísica e cosmologia. A iniciativa é acompanhada de uma exposição fotográfica. Durante uma semana decorrem palestras públicas que podem ser assistidas presencialmente ou online na página de Facebook da Biblioteca. Após cada palestra, e se as condições meteorológicas o permitirem, são realizadas sessões de observação astronómica abertas ao público. A “Semana do Universo” é também dirigida aos mais novos com a atividade de "construção de telescópios”, orientada pela astrónoma profissional da Universidade de Princeton dos Estados Unidos da América, Rachael Beaton.
açores3C.jpg

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE PRADO (VILA VERDE)

Atividades no âmbito do "Ler Mais com Ciência". Neste caso exemplificativo, a propósito da "Lagartinha Comilona" promoveu-se uma conversa sobre o mundo da metamorfose e, com a colaboração do Engº Adelino Silva, foi feita uma abordagem educativa sobre a importância da reciclagem dos resíduos domésticos. A atividade tinha como objetivo ir ao encontro do tema da "compostagem", que culminou no exterior com a visita e explicação da utilização do compostor que a Biblioteca de Prado tem no exterior, usado para adubar a horta da biblioteca e que foi oferecido pela Junta de freguesia de Prado.
lagar.jpg lagar2.jpg lagar3.jpg

* Projetos e actividades em cooperação com as escolas/agrupamentos



30-08-2021 | RD    
    
© 2007-2014 Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas
Todos os Direitos Reservados
Última Actualização em: 27-09-2021