Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
   
Procura Avançada
Comunidade


 

A proposta do calendário RNBP para o mês de julho é a dinamização de bibliotecas de Verão e a divulgação de serviços junto da comunidade.

​Face ao cenário de pandemia que hoje vivemos e à consequente necessidade de controlo apertado no que se refere à higienização e ao distanciamento social, quando por esta altura já costumamos ter o mapa de Portugal preenchido de serviços de bibliotecas de verão instaladas nas praias, nas piscinas e nos jardins, este ano, de norte a sul, do interior ao litoral, foram poucas as bibliotecas que consideraram seguro dinamizar este tipo de serviços: bibliotecas municipais de Alcobaça, Leiria, Cantanhede, Nazaré, Torres Vedras, Oeiras, Melgaço, São João da Pesqueira, Vagos, Figueira da Foz, Machico e Amares.

ff2020.jpgcantanhedeVerao.jpgalcobaçapraia2020.jpg

l1.jpg l2.jpg l5.jpg l8.jpgl9.jpg 

leiriarua1.jpg

Dando como exemplo a Biblioteca Municipal Afonso Lopes Vieira, de Leiria, que para além de dinamizar a Biblioteca da Praia de Pedrógão, promoveu e divulgou os serviços e recursos da biblioteca junto da comunidade através de uma ação de rua fora de portas, as bibliotecas adaptam-se e reinventam-se descobrindo novas formas de para responder às necessidades da comunidade.

Assim, seja através das histórias nos parques, jardins e piscinas dinamizadas pela Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva ou dos jogos tradicionais que a Biblioteca Municipal de Gavião dinamiza nas ruas da vila, ou ainda da dinamização de Horas do Conto à sombra das árvores em Santa Maria da Feira, Vila Nova de Famalicão ou nos "Jardins de Verão" da Biblioteca Municipal da Covilhã, a que se juntam as Leituras que acontecem na "Naturágora" da Biblioteca Municipal de Vila Velha de Ródão ou no jardim que emoldura o edifício da Biblioteca Municipal de Alcanena, não esquecendo também os jogos "Memórias de Bairro" no exterior da Biblioteca dos Coruchéus (BLX) nem a animação nos jardins da Biblioteca Municipal de Grândola, são diversos e variados os espaços onde vai acontecendo biblioteca ao ar livre em tempo de distanciamento social.

Não esquecemos outras bibliotecas que, não saindo do seu espaço, optaram por abrir terraços, pátios e varandas, convidando os leitores a ficar, seja para estudar seja para tempo de lazer. É o caso das bibliotecas municipais de Miranda do Corvo, Câmara de Lobos, Montalegre, Viana do Alentejo, Loulé, Póvoa de Varzim, Ílhavo, Lagos, Viana do Alentejo, Penafiel e São Brás de Alportel.

A alguns destes espaços, juntam-se ainda os incontornáveis Serviços de Biblioteca Itinerante, disponibilizado por 69 bibliotecas que, em tempo de pandemia, vêem a sua responsabilidade acrescida no apoio que dão aos serviços de empréstimo com entrega ao domicílio e que alivia, por um lado a afluência de utilizadores à biblioteca, e por outro, facilita o acesso ao livro de quem vive em zonas mais periféricas, tem dificuldades de mobilidade ou se encontra em confinamento obrigatório.

louléesplanada.jpgblxesplanada.jpgvalent2.jpg
pvesplanada.jpglagosesplanda2.jpgblxMemorias.jpg
melgaçoVerao.jpgmirandacorvovaranda.jpgilhavoesplanada.jpg

montalegreverao2.jpg

sbras2020.jpgcovilhãJverão.jpg

povoavarzimBJardim3.jpgVFX2020.jpg

clobosverao.jpg

smf32020.jpg

 

mação2020.jpg

Oeirasverao2020.jpgalcanenaVerao2020.jpgMontalegreVerao1.JPG

(as fotos utilizadas para ilustrar o texto pertencem aos respetivos municípios)


RD | 15-07-2020    
    
© 2007-2014 Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas
Todos os Direitos Reservados
Última Actualização em: 07-08-2020