Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
   
Procura Avançada
Clubes de Leitura


​Na sequência da publicação disponibilizada pela Fundación German Sánchez Ruipérez (FGSR) sobre os "Clubs de lectura en el siglo XXI" e da divulgação do artigo publicado no Canal Lector da FGSR, partilhamos um resumo (adaptado) sobre os benefícios, oportunidades e desafios que os clubes de leitura podem trazer à comunidade no geral, e a cada leitor, em particular.

Canal-Lector_blog_EYuste1.jpg

A possibilidade de partilhar propostas, autores favoritos ou histórias em diferentes formatos com pessoas com preocupações idênticas (algo que pode ser feito quer no plano virtual, quer presencial) é motivadora para todos: os leitores regulares reforçam o hábito e encontram novos incentivos, e aqueles que não são fãs deste tipo de práticas coletivas, acabam por descobrir uma maneira divertida e inovadora de ler. Com a massificação da web 2.0 (e sucessivos desenvolvimentos), as possibilidades de refletir sobre livros, partilhar resenhas, seguir outros leitores e descobrir e conectar-se com autores, multiplicaram-se exponencialmente.

15 benefícios dos Clubes de Leitura:

1- Intensificar do “hobby” de ler – Enquanto as obrigações e compromissos quotidianos impedem os leitores de gastar o tempo que gostariam numa boa história, os clubes de leitura promovem o tempo necessário para esse hábito, adaptando-se ao tempo livre e à disponibilidade horária dos leitores.

2- Alargar horizontes – As propostas do dinamizador do clube de leitura visam surpreender. Ao longo das sessões, a descoberta de novas obras ou autores inesperados levam os leitores a aprofundar e/ou desmitificar estilos, géneros e até suportes literários.

3- Criar novos interesses – Os clubes de leitura, pela sua abrangência, podem ser a porta de entrada para novos “hobbies”, interesses e para travar novos conhecimentos.

4- Garantir a qualidade – O trabalho de retaguarda desenvolvido pelo dinamizador dos clubes garante a adequação, qualidade e atualidade dos títulos selecionados.

5- Promover novas abordagens – Em qualquer idade se podem descobrir novas e diferentes formas de encarar a leitura: novas visões que transformam toda a experiência, mensagens subjacentes que, por conta própria, possivelmente nunca teríamos detetado.

6- Motivar – Apesar do «Direito a Não Terminar um Livro» ser um clássico, manter o ritmo da história até ao final é fundamental na dinâmica de um clube. Assim, o facto de haver um objetivo coletivo, ajuda a manter a motivação.

7- Descobrir novos espaços de leitura – Quando a atividade é bem planeada, o clube consegue manter nos leitores a expectativa para o passo seguinte (atividades complementares, por exemplo), motivando os leitores a avançar capítulos  até mesmo fora do espaço do clube.

8- Enriquecer culturalmente (roteiros e mapas literários) – Na linha do livro selecionado, são organizadas rotas, visitas a espaços ligados ao enredo da obra ou à vida do seu autor: ruas, aldeias, lugares, cidades e edifícios únicos que talvez nunca nos tivéssemos apercebido e que nos enriquecem culturalmente.

9- Partilhar ideias – Promover a prática de encontros entre leitores de outros clubes de leitura, seja a nível local, regional, nacional ou até internacional, participando em grupo ou individualmente, promove e facilita a partilha de novas ideias, experiências inovadoras e novas abordagens.

10- Dar nova utilização às redes sociais – Subscrever e aceder a um novo canal de comunicação, com o aconselhamento do clube de leitura, pode transformar completamente a experiência leitora dos utilizadores. Bloggers, booktubers, bookstagrammers, wattpaders, leitores que criam comunidades de fãs no Facebook, Goodreads e outras ferramentas gratuitas e disponíveis na Internet, ajudam a descobrir novos olhares sobre a leitura, novidades e recomendações.

11- Cultivar o espírito crítico – Pertencer a um grupo que potencie a qualidade critica, ajuda a cultivar o hábito e a melhorar o mundo à nossa volta. A sociedade contemporânea precisa de leitores críticos, cidadãos que participem das decisões que os afetam diariamente. É um dos muitos benefícios que a leitura causa.

12- Fugir da realidade – Face ao stress diário e às inúmeras tarefas e preocupações que nos consomem, a leitura como prazer é uma forma de fuga, um escape, uma pausa que ajuda a enfrentar e a abrir portas para problemas reais.

13- Combater a solidão – Ler isoladamente, sobretudo se também vivermos em algum isolamento, e como Mikita Brottman afirmou em «Against Reading», “uma leitura cuidadosa pode fazer-nos cativos, alienados e tornar-nos inúteis, descontextualizados, isolados de outros seres humanos, incluindo das nossas próprias memórias, das nossas próprias experiências, de nós mesmos.” Pelo contrário, os clubes de leitura têm as portas abertas para o encontro com outros amantes de boas histórias, ajudando a estabelecer as sinergias necessárias para manter o equilíbrio.

14- Promover a igualdade – As bibliotecas que normalmente promovem os clubes de leitura, possibilitam um espaço de conhecimento, prazer e socialização, baseado numa coexistência de igualdade, na qual são oferecidas as mesmas oportunidades a todos os participantes, independentemente das especificidades e características de cada um, procurando abarcar a maior diversidade possível de temas e autores abrangendo a maioria das preocupações presentes na sociedade atual.

15- Finalmente, integrar um Clube de Leitura de uma biblioteca pode trazer benefícios extra para os utilizadores: mais dias de empréstimo para os materiais vinculados à atividade, disponibilização de um exemplar da obra selecionada, e ainda a possibilidade real de participar num encontro/conversa com o escritor/ ilustrador em causa ou até mesmo com especialistas sobre o tema tratado.

CDLAlc.jpg CDLBragança.jpgCDLR1.jpg

CDLCR.jpgCDLR2.jpg

(traduzido e adaptado do artigo no Canal Lector. Fotos ilustrativas retiradas de publicações no facebook de bibliotecas públicas municipais.)

FGSR2.png


18-10-2019 RD    
    
© 2007-2014 Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas
Todos os Direitos Reservados
Última Actualização em: 02-07-2020