Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
   
Procura Avançada
Convite para reunião no âmbito da Política Nacional de Ciência Aberta


Ciência Aberta - Conhecimento para todos

 

 

Ciência Aberta

​Principio Orientadores

ciencia-aberta2.png 

No âmbito da participação da DGLAB no grupo de trabalho “Responsabilidade   Social e Científica” da Política Nacional de Ciência Aberta, divulgamos o convite do Gabinete da Senhora Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior:

"Reunião Comunicação de Ciência, 5ª feira, 23 de Junho, das 14h30 às 18h00, Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra

Exmos.(as) Senhores(as) Bibliotecários,

As comunidades associadas à produção, à curadoria e à comunicação do conhecimento devem ter um papel responsável e fundamental na divulgação, na promoção, na valorização e na partilha do conhecimento, prosseguindo como propósito coletivo estimular a crescente afirmação e um amplo reconhecimento da ciência e da cultura portuguesas no plano nacional e internacional. A comunicação do conhecimento produzido deve integrar a atividade das instituições de formação e produção de ciência e contribuir para o seu reconhecimento social e a sua valorização científica.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), tendo eleito a promoção do conhecimento para todos como um pilar do seu programa, está empenhado numa política que fomente mais cultura e literacia científica e tecnológica, estimulando a educação das ciências e das tecnologias, disseminando, comunicando, partilhando o conhecimento, procurando um crescente envolvimento da sociedade. A realização desse propósito decorre da colaboração do sistema científico nacional e dos seus diversos parceiros, em particular a rede nacional de centros de difusão da Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica e da colaboração com as diversas redes de centros de ciência e cultura, nomeadamente museus, arquivos e bibliotecas da Administração Pública especialmente através do Ministério da Cultura.

O acesso à ciência e ao conhecimento é indispensável a uma sociedade mais informada e mais consciente do Mundo que habita, contribuindo para a tornar mais humana, mais justa e mais democrática e onde o bem-estar seja partilhado por todos. O acesso ao conhecimento e a garantia da acessibilidade à formação são direitos fundamentais e constituem vetores de valorização, de mobilidade social e de democratização essenciais aos estados democráticos das sociedades contemporâneas. A promoção da cultura, da ciência, do conhecimento, em suma, é crucial, devendo ter um papel central nas políticas públicas.

A prossecução de uma política nacional de ciência aberta, orientada para a promoção do acesso aberto ao conhecimento e a da sua apropriação social, constituindo uma prioridade natural para o Governo e o MCTES, decorrerá em conjunto com as Universidades e os Institutos Politécnicos e outras instituições que compõem o sistema científico e tecnológico e com outros Ministérios, em particular com o Ministério da Cultura nomeadamente em matéria de repositórios digitais.

Considerando este enquadramento, entende-se que as atividades de Comunicação de Ciência são fundamentais. São essenciais à promoção de uma cultura de base científica e tecnológica nacional e ao envolvimento dos cidadãos na ciência e tecnologia e à qualificação da população em geral, e também enriquecedoras da própria atividade de investigação e inovação, estimulando as relações transdisciplinares e com os vários setores do tecido económico, social e cultural.

O papel desempenhado pelos comunicadores de ciência deve, portanto, ser considerado do maior interesse, reconhecendo a importância da sua atividade no contexto das instituições que integram e estimulando um quadro de profissionalização crescente dessas funções.

Assim sendo, por compreendermos a relevância e a amplitude da missão da comunicação de ciência, realizaremos, com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I. P., a Ciência Viva - Agência Nacional de Cultura Científica e Tecnológica e a ANI – Agência Nacional de Inovação e em estreita colaboração com o Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas - CRUP, o Conselho Coordenador dos Institutos Superiores Politécnicos - CCISP, a Associação Portuguesa de Ensino Superior Privado – APESP e, através do Ministério da Cultura, com as diversas redes de centros de ciência e cultura, nomeadamente museus, arquivos e bibliotecas da Administração Pública, uma reunião de reflexão sobre a Comunicação de Ciência em Portugal.

O encontro abordará os vários aspetos que se incluem sob a designação de Comunicação de Ciência, desde a divulgação das atividades de investigação científica e tecnológica ao trabalho dos museus e centros de ciência, organizações científicas e associações privadas. Importa, em contexto de diálogo, analisar a situação nacional, identificar problemas, necessidades e oportunidades e definir linhas de atuação com vista ao desenvolvimento da comunicação de ciência, valorizando a função e a responsabilidade social e cultural dos diversos atores envolvidos.

Nesta reunião, aberta a todos os que desejem participar, gostaríamos de poder contar com a presença e os contributos dos diferentes profissionais da área, dos investigadores que têm feito desta atividade o seu objeto de estudo e de todos os interessados.

Vimos assim convidá-lo a estar presente ou a fazer representar a instituição que V. Exa. coordena e a designar os membros da V. instituição que prosseguem funções de comunicação de ciência.

A reunião terá lugar no próximo dia 23 de Junho, no Auditório da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, entre as 14h30 e as 18h00.

Solicita-se confirmação e indicação dos nomes que estarão presentes através do endereço: gabinete.sectes@mctes.gov.pt até ao dia 21 de junho.

Com os melhores cumprimentos,
Maria Fernanda Rollo
Secretária de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior"

Aceda aqui a:

CONCLUSÕES DO CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA SOBRE A TRANSIÇÃO PARA UM REGIME DE CIÊNCIA ABERTA (maio 2016)

DECLARAÇÃO DE BERLIM, 2003

16-6-2016 RD

 
       
    
© 2007-2014 Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas
Todos os Direitos Reservados
Última Actualização em: 28-11-2021