Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
   
Procura Avançada
Participação Cidadã - Projeto da Biblioteca Municipal de San Fermín (Madrid)


O Projeto colaborativo

O projeto piloto da conceção da nova Biblioteca Municipal de San Fermín (Madrid) traduz uma nova forma de repensar e de planear os equipamentos culturais.

A nova biblioteca foi planeada com a participação da comunidade local, concebida como um espaço de encontros, no âmbito da participação cidadã, projeto participativo. Conceito cada vez mais presente na gestão dos serviços públicos em geral e das bibliotecas em particular, sob o lema "juntos somamos".

sanfermin6.jpg 

Foi organizada uma equipa de trabalho com o objetivo de acompanhar o processo de participação cidadã. O projeto foi dinamizado pelo Gabinete de Estudos e Alternativas Gea21 e pelo Coletivo Basurama. A equipa conta, quer com técnicos do município das diferentes áreas envolvidas no desenvolvimento e na execução da biblioteca, quer com representantes da Associação de Moradores e de outras entidades locais.

 

 

sanfermin5.JPGAssim, desde a volumetria do edifício, à distribuição funcional dos espaços, definição de valências, de fachadas e das utilizações possíveis para o espaço exterior, tudo foi fruto de consensos entre os serviços técnicos do município e os cidadãos, que acompanharam o desenvolvimento do projeto respondendo a questões, quer sobre o modelo (que biblioteca, que serviços, que atividades e que valências), quer sobre a forma como a biblioteca se relacionará com os restantes equipamentos, entidades e projetos locais e ainda que espaços deve incorporar, qual a distribuição das valências atendendo às utilizações e aos utilizadores, qual a sua relação com o local e a sua integração no aglomerado urbano, tirando o melhor partido do espaço público circundante. Foram, desde o início, recolhidos contributos de forma informal junto dos diferentes grupos etários da comunidade (desde desenhos à utilização do "biblliocarro" para recolher sugestões. 

 

A Biblioteca

Com uma área de 3.130 m2, o edifício terá três andares e uma cave reservada a atividades para os mais jovens, onde se incluem ensaios, reuniãos de grupos de debate, audições de música, etc. Este espaço terá entrada e horários diferentes dos da biblioteca.

 sanfermin4.jpg

O piso térreo destina-se a atividades de leitura de contos, consulta de periódicos, acesso à internet e zona de consulta multimédia, jogos de mesa, para além de áreas de lazer, repouso e “vending”. É também neste piso que haverá um espaço infantil com 270 m2 e funcionará a "Bebeteca". Este piso é uma continuação da "biblio-praça", espaço exterior em vários patamares.

primeiro piso, "piso dos sussurros", será o local para atividades que exijam maior grau de concentração e destinado ao estudo. É onde se situará uma grande sala de empréstimo, sala para estudo, zona para reuniões e para trabalhos de grupo, havendo ainda espaços para a leitura ou audição com auscultadores. Será também neste piso que haverá uma sala de formação (ateliers de informática ou outros).

O segundo piso será ocupado pela sala de leitura principal e por um grande terraço de 230 m2, com áreas de estar e com uma "cobertura verde".

 

maquete.jpg

 

Com a inauguração prevista para 2019, a nova Biblioteca de San Fermín será a primeira a incorporar um espaço cultural exterior com 1.022 m2, apelidado pela comunidade de "biblio-praça" destinado ao desenvolvimento de atividades associadas à biblioteca, funcionando como uma sala polivalente exterior  (ler, criar, estar, projetar sessões de cinema, apresentar dramatizações, brincar, organizar jogos, feiras e mostras, utilizar o computador, etc.).

 

 sanfermin1.jpg

 

15-11-2017 RD

 

 
       
    
© 2007-2014 Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas
Todos os Direitos Reservados
Última Actualização em: 26-11-2021